quinta-feira, 15 de agosto de 2013

Deus precisa do nosso louvor e da nossa gratidão?




A postagem abaixo foi publicada com o propósito de responder a outros que, porventura, tenham a mesma dúvida. Foi extraída de uma pergunta simples de um amigo e seguida de uma resposta também simples, por meio de mensagem pelo Facebook. Espero que alguns possam compreender um pouco mais acerca da Graça de Deus!

Pergunta sincera de um amigo

Oi Jordanny,

Tudo bem?
Desculpa pela pergunta (um tanto quanto idiota), mas me veio à cabeça...
Deus tem necessidade do agradecimento dos homens?
Porque, ao pensar na grandiosidade dEle, não consigo ver propósito em louvá-lo; como não somos dignos e nem merecedores e somos tão insignificantes, quanto se diz à "pureza" e ao amor se comparados a Ele. Qual a finalidade da louvação no culto?

Realmente, peço desculpas pela ignorância... mas tenho buscado muito me entender e entender a Ele, para então poder me declarar. Acho que antes de você ter real intimidade com alguém é preciso mostrar-se e ver do próximo o que não é mostrado à qualquer um...

Abraço, irmão!

Resposta

A questão que circunda o louvor e a gratidão a Deus não se baseia em uma necessidade que haja em Deus. Deus não precisa e nem nunca precisou de nada que vem do homem. Quanto mais do louvor e da gratidão?! Há uma ideia errônea nisso tudo.

Talvez essa ideia de que Deus necessite de ser louvado e adorado nasça da mitologia grega clássica, donde os cultos, sacrifícios, oferendas e demais louvores tinham o poder de criar a ambrosia (alimento dos deuses que lhes proporcionava a imortalidade). Então, os deuses se faziam dependentes dos louvores.

Ao bem da verdade, quem são necessitados de ser louvados é Satanás e, inacreditavelmente, o próprio homem. Estes adoram ser cultuados - e o termo apropriado é "adoram" mesmo, posto que tanto o diabo quanto o homem, ao serem cultuados, louvados e engrandecidos, se louvam e se idolatram. O diabo sempre usurpou ser igual a Deus. E o homem seguiu o mesmo caminho.

Cristo, em contrapartida, sendo Deus, não usurpou o ser igual a Deus vindo, por isso, como homem; e como homem foi obediente até a morte e morte de cruz. Deus, sendo pleno, completo, absoluto, nunca careceu de nada.

Então, se Deus não carece de nosso louvor, nem de nossa gratidão, por que O louvamos e O agradecemos? O fato é bem simples: nós não merecemos louvá-lO e não merecemos elevar nossa gratidão a Ele! Contudo, a natureza que há nEle permite que nós O possamos louvar e agradecer como parte de Sua indizível Graça! Isso mesmo! A Graça é favor não merecido e, conquanto o homem não mereça sequer render sua gratidão ao Seu Criador, lhe foi concedido por Deus a oportunidade sublime, maravilhosa, estupenda, extraordinária de louvá-O, engrandecê-lO, exaltá-lO. Enquanto o homem faz isso, isso não acrescenta nada em Deus, tendo em vista a Sua plenitude. Mas isso acrescenta muito ao homem! Acrescenta humildade; consciência; virtude; completitude; alegria sublime; paz inexplicável; amor sacrificial e que se doa; fome e sede de justiça, conforme a Graça de Deus etc. É simplesmente maravilhoso!

Nietzche certa vez disse que a vingança, ao contrário da gratidão, é justa uma vez que se manifesta como perfeito pagamento pelo mal produzido. A gratidão, do ponto de vista humano, é realmente injusta. Do ponto de vista de Deus, conforme vemos e cremos na Bíblia, se faz justa mediante a Graça de Cristo e, por isso, torna-se agradável a Deus; mesmo sendo Ele completo inclusive em prazer e alegria própria.

É estranho, mas, ao moer a aniquilar Seu próprio Filho, Jesus Cristo, Deus nos apresentou à perfeita justiça e, em decorrência, nos conduziu à inefável Graça! Sei que esses assuntos são complexos, mas com o tempo espero poder respondê-los um a um. Em suma, não somos dignos de louvar a Deus e nem de render a Ele nossa gratidão; mas recebemos esse dom por meio da Graça e de graça! Isso é favor que não merecemos! Deus não precisa ser louvado, mas nós necessitamos disso uma vez que nos aproximamos dEle, mesmo que não mereçamos estar próximos dEle; posto que Deus, inexplicavelmente, habita no meio dos louvores do Seu povo!

Em Cristo,


Jordanny

Um comentário:

Noemi disse...

Paso visitando su blog. Bendiciones.
Mi blog www.creeenjesusyserassalvo.blogspot.com