quarta-feira, 27 de maio de 2009

Sintomas da Apostasia - Um encontro "profético"?

Algumas atrocidades, quando relacionadas à afronta à Palavra da Verdade, são claramente deixadas à disposição no universo virtual. Percebemos, inequivocamente, o grau de apostasia que a igreja alcançou. Tenho por certo que a sutileza é muito mais mortal do que a mentira evidente. Mas o que nós percebemos é que as práticas místicas relacionadas ao xamanismo (feitiçaria) cultural já se apresentam escancaradas, recebendo, por incrível que pareça, a denominação de “culto evangélico”. Não julgo aqui as pessoas que participam de tais manifestações, pois, grande parte, é ignorante e facilmente sujeita ao engano. Contudo, diante de Deus, no dia do Grande Juízo, já não haverá espaço para justificativas. É, mais do que essencial; é uma questão de VIDA eterna ou MORTE eterna o retorno ao centro da Palavra de Deus. Estes rituais emotivos e, muitas das vezes, mais voltados para uma possessão demoníaca, devem ser extirpados de nosso meio. Veja, abaixo, a que ponto nós chegamos e tire as suas próprias conclusões.





Quer você acredite ou não, isso aconteceu em uma igreja evangélica! Agora, confira com o próximo vídeo, que apresenta alguns exemplos dessa demoníaca prática religiosa que alcançou uma posição de defesa e incentivo, por meio de nosso podre ordenamento jurídicos, sob o nome de “Cultura Africana”. Seja sincero comigo, existe diferença entre o “Encontro Profético” apresentado pelo vídeo acima e as danças praticadas no vídeo abaixo? Não tenha medo de julgar! Julgue segundo a reta justiça!




A conclusão eu deixo para você!




Jordanny Silva

4 comentários:

Márcia Gizella disse...

Paz Irmaõ!!!É tão triste ver estas cenas, o pior de tudo ´é que não aceitam repreensões,acham que é Deus quem está condizindo o "manto", e que a umbanda imita,que o diabo é que faz a imitação do "mover do éspírito".

A paz!!!!
Marcia Gizella

Danilo Fernandes disse...

Otimo blog irmão! Se tiver oportunidade, conheça o meu. Vou segui-lo a partir de agora.

Danilo

http://genizah-virtual.blogspot.com/

Teóphilo disse...

Rapaz! Você está com "transmimento de pensação" comigo?
Estou preparando um material com trechos de vídeos bem semelhantes a esses e mostrando os pontos em comum e, portanto, inaceitáveis para o cristianismo!
Fiquei muito ansioso com a perspectiva de fazer um movimento apologético-escatólogico em relação às eleições e suas palavras me deram esperanças: muitos já chegam derrotados e dizendo que vai dar em nada, mas eu creio que o resultado não é apenas o aparente.
Ao se criar um movimento consciente e com bases sólidas, podemos despertar mais pessoas a conhecer a Palavra (até mesmo "crentes") e, quem sabe, muitos venham até a se converter.
Por outro lado, havendo um mínimo de repercussão, pode ser que (sem muitas esperanças) alguma coisa venha a se modificar no corrompido panorama eleitoral desse país.
Que o Senhor continue te abençoando e dando sabedoria, porque em termos de inspiração não posso negar que estamos em plena comunhão!
Um abraço.

Gláucia Carneiro disse...

Não posso aceitar dentro de uma igreja que se diz evangélica, como esta do 2° Encontro de Profetas, se chame pelos nome de orixás.

Pra mim é uma das maiores aberrações da igreja, foi algo que me colocou pra pensar e ficar refletindo quando começaram a cantar na igreja aquela música "e o diabo tremeu" e todo mundo tremia imitando o diabo.

Até quando vão estar dentro da igreja imitando o diabo?

É só observar o ritual do candomblé que se percebe isso. A imitação da prática dos rituais diabólicos dentro da igreja que deveria estar servindo ao Senhor JESUS.

Este tipo de apostasia começou nos EUA. Li o livro de uma autora que fala da avó que se enchia do poder de DEUS na igreja, quando chegava em casa enchia a neta de pancada.

O tristemunho da avó foi tão terrível, que a neta cresceu e foi pra uma seita africana.

Foi o que percebi também quando fui à vigília assim aqui em Sobradinho/DF; vigílias cheia do poder de DEUS, mas sem ordem e decência.

Percebi que o comportamento dos profetas era um na igreja e outro em casa.

Muitos desses profetas traíram suas esposas.