terça-feira, 14 de março de 2017

Ingratidão

 

INGRATIDÃO

Gritaste-me teu silêncio, 
E eu não ouvi;
Tremulaste-me em tua quietude,
E não me comovi;
Tocaste-me à distância,
E eu não senti;
Regaste-me em tuas lágrimas,
E as não bebi;
Choraste-me teus risos,
E não os discerni;
Sopraste-me teus versos,
E eu não os li;
Sussurraste-me teus sonhos,
E eu adormeci;
Fitaste-me em teus olhos,
E eu me escondi;
Provaste-me em teus lábios,
E eu me esvaí;
Colheste-te me em tuas mãos,
E eu te feri;
Deste-me teu coração,
E eu escarneci;
Achaste-me em tua alma,
E eu te perdi!

Gama DF, 14 de março de 2017.

Jordanny Silva

Nenhum comentário: